Como a Realidade Aumentada funciona

A Realidade Aumentada (ou AR, do inglês Augmented Reality) é, de forma simples, a fusão entre o mundo real e o mundo virtual. Com ela, você poderá ver e interagir com objetos virtuais no mundo real.

Como a Realidade Aumentada funciona

Douglas Souza
Especialista em Marketing Digital Parceiro do Pinmyspot

Imagine que você está na internet prestes a fazer a compra de uma nova mobília para o seu escritório, porém, como de costume, há sempre uma série de variáveis que usualmente levamos em consideração, dentre elas: “será que  vai combinar com o ambiente?” Compras pela web sempre tem esse problema. Você não viu. Você não pegou. De roupas à eletrodomésticos, nós queremos sentir o produto, mesmo que não seja pelo tato. 

Com a Realidade Aumentada você poderia pegar essa mobília e posicioná-la ali mesmo no seu escritório. Sem sair de casa, apenas com alguns toque no seu smartphone.

Logicamente as aplicações da Realidade Aumentada não se limitem por aí. Há uma vastidão inimaginável de possibilidades que ainda não foram exploradas, e que, sem dúvidas, causarão muitos burburinhos nos próximos anos. Para fins de entendimento, esperamos que exemplos de uso cotidiano possam dar uma dimensão do valor que essa tecnologia pode agregar na vida das pessoas.

Diferença entre Realidade Aumentada e Realidade Virtual

Essas duas tecnologias  são geralmente confundidas, então, vamo explicar um pouco a diferença entre as duas e utilizar alguns exemplos antes de nos aprofundarmos nas aplicabilidades práticas da Realidade Aumentada.

Realidade Virtual:

Na Realidade Virtual nós somos inseridos no meio digital. As paredes, móveis, personagens, tudo que interagimos é digital. É uma imersão completa.

Você já deve ter visto por aí alguns vídeos engraçados  que viralizaram de pessoas passando por experiência cômicas usando essa tecnologia.


Com a Realidade Virtual você entra no mundo digital.

Realidade Aumentada:

Como no exemplo da mobília que usamos no começo do texto, o objeto virtual veio até o mundo real. Essa é a grande diferença. Partes do mundo virtual vem até nós.

Um dos casos mais conhecidos é o do Pokémon GO, que levou milhões de pessoas às ruas. Olha que loucura: milhões de pessoas saíram para caçar objetos que na verdade não estavam lá. Fisicamente não estavam, mas virtual sim.



Na Realidade Aumentada o mundo virtual vem até você.


Qual é o futuro da Realidade Aumentada e quais as suas aplicações?

Segundo estudos da Digi-Capital, o mercado de Realidade Virtual e Realidade Aumentada serão, juntos, um mercado de US$ 150 bilhões.
Boa parte desse montante (US$ 120 bilhões) estará com a Realidade Aumentada. Parte disso pela simplicidade de uso dessa tecnologia. Qualquer câmera de smartphone com um aplicativo desenvolvido com base em Realidade Aumentada poderá reproduzir os objetos. E, com a popularização dos smartphones, é difícil duvidar dessas projeções.